23,5% dos jovens afirmam ter desistido de ser professor

Pesquisa do Todos Pela Educação também investigou o que os alunos pensam da atuação dos docentes em sala de aula

0
226

João Bittar/MEC

Embora 38% dos jovens já tenham pensado em ser professor, 23,5% disseram ter desistido da ideia. Além disso, os estudantes que pretendem seguir a carreira docente é relativamente maior na classe DE (16,6%), justamente o grupo que requer mais apoio à permanência na universidade.

Os dados são da pesquisa Repensar o Ensino Médio, realizada por iniciativa do Todos Pela Educação com apoio do Itaú BBA e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com realização da Multifocus. O estudo ouviu a opinião de 1551 jovens entre 15 e 19 anos sobre temas como professores e participação social.

Diante desse importante potencial de futuros professores, que poderiam amenizar a falta crônica de docentes no Brasil em algumas disciplinas, compreender a desistência é fundamental. Os principais motivos associados à rejeição da profissão refletem aspectos relacionados à baixa valorização que a sociedade brasileira atribui aos professores. De acordo com os entrevistados, o pouco respeito dos alunos (20,9%), o baixo salário inicial (17,7%) e o pouco reconhecimento da sociedade (14,2%) fazem com que a carreira não seja uma opção.

A valorização docente faz parte da meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE).


Atributos do professor

A pesquisa também investigou o que os alunos pensam da atuação dos docentes em sala de aula. De acordo com o estudo, os estudantes do Ensino Médio consideram como atributos importantes que os professores demonstrem paixão pela profissão, que não desistam diante das dificuldades dos alunos e que cobrem comprometimento. Também foram apontados como características relevantes o foco na preparação para vestibulares, o estímulo à curiosidade dos alunos e o trabalho em classe com exemplos práticos aplicados ao dia a dia, como se pode observar no gráfico abaixo.

Elaboração Todos Pela Educação

Para saber mais sobre a pesquisa que também investigou o que os estudantes sabem sobre a Educação Profissional, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA