Bancada de oposição da Câmara Municipal de Brejo do Cruz consegue aprovação de Emenda que prioriza recursos orçamentários na ordem de 1,2 milhões de reais para a Zona Rural

0
2231

Em pleno período de pico eleitoral o pleno da Câmara Municipal de Brejo do Cruz se reuniu ordinariamente para apreciar e votar matérias das mais variadas ordens. Dentre as proposituras a mais importante foi a aprovação, por unanimidade de votos, de uma Emenda da bancada oposicionista, assinada pelos edis: Onaldo Maia, Robson Silveira, Sebastião Marcos e Geilson Linhares ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias.

A propositura parlamentar remaneja recursos da área de Administração para a Secretaria de Agricultura na ordem de 1 milhão e 200 mil reais. Destes, 600 mil são destinados para a perfuração, instalação e manutenção de poços artesianos na zona rural e a outra parte para construção e ampliação de pequenos açudes.

Segundo o vereador Robson Silveira essa cifra, se aplicada na forma proposta, dará para atender boa parte dos nossos agricultores, haja vista que nossa proposta almeja a construção de, aproximadamente, 40 poços e 40 açudes, contabilizou o parlamentar pontuando que tanto esta Casa quanto o município estavam em débito para com a zona rural.

Também foi aprovado Projeto de Lei da Mesa Diretora que fixa os subsídios dos vereadores e presidente da Câmara para a 17ª Legislatura em R$ 5.000,00 e R$ 7.000,00, respectivamente.

Ainda foi apresentado ao plenário o Parecer do Tribunal de Contas do Estado recomendando a Câmara Municipal à aprovação das contas do município de Brejo do Cruz, relativo ao exercício financeiro de 2014, de responsabilidade da prefeita Ana Dutra.

Completando a pauta de expediente foi apresentado o Projeto de Lei da Mesa Diretora nº. 13/2016, que fixa os subsídios dos agentes políticos do Executivo para o próximo quadriênio 2017/2020, prefeito, vice-prefeito e secretário, respectivamente, em R$ 18.000; 9.000; e 5.000.

Brejodocruzemfoco

DEIXE UMA RESPOSTA