Ortotrauma recebe prêmio por qualidade nos serviços prestados à população

0
138

O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma) recebeu o Prêmio Personalidade 2016, representado pela diretora-geral Fabiana Araújo. O reconhecimento é realizado pela Comissão das Personalidades, formada por membros do Conselho de Saúde do Distrito III, que inclui os bairros de Mangabeira, Valentina Figueiredo e José Américo.

A diretora-geral Fabiana Araújo diz estar muito feliz com o reconhecimento do trabalho de toda a equipe do Complexo Hospitalar de Mangabeira. “Nosso trabalho está voltado ao bem-estar do usuário. Estamos sempre buscando melhorar a assistência e a população está reconhecendo os avanços que estamos fazendo”, afirma a gestora.

Ela destaca que houve um aumento no número de cirurgias e atendimentos, além da adoção de um tratamento mais humanizado ao usuário. “Quero parabenizar toda a equipe, que é quem torna tudo isto possível. É muito gratificante trabalhar com saúde e receber esta homenagem”, continua Fabiana Araújo.

Um dos membros da Comissão das Personalidades, Santiago dos Santos, afirma que o reconhecimento se dá pela melhora do desempenho da gestão e pelos benefícios prestados à comunidade. “Estamos sempre observando o Ortotrauma e percebemos que a gestão merece este prêmio”.

Cirurgias – No ano passado, foram realizadas 5.362 cirurgias no Complexo Hospitalar de Mangabeira, e o tempo médio de permanência do paciente na unidade foi reduzido para 7,26 dias, menos da metade do registrado há cinco anos. A unidade hospitalar possui 190 leitos.

O Complexo Hospitalar de Mangabeira realiza atendimentos de urgência e emergência em áreas abaixo do cotovelo e do joelho, mas também faz cirurgias gerais, de bucomaxilar, urológicas e torácicas.

A unidade disponibiliza ainda uma série de outros serviços, como consultas médicas ambulatoriais, exames laboratoriais e por imagem, tratamentos de recuperação motora e pronto atendimento de saúde mental.

Novo modelo – Fabiana Araújo afirma que está adotando um novo modelo de gestão, com aproximação dos entes públicos de fiscalização, como a Promotoria da Saúde do Ministério Público da Paraíba. Na semana passada, Fabiana Araújo se reuniu com a promotora Maria das Graças Azevedo para mostrar os serviços realizados e propostas de projetos da unidade hospitalar.

“Geralmente, somos convocados pela Promotoria, mas estamos invertendo esta lógica. Mostramos nossa prestação de contas e nossos projetos, como a expansão da unidade de terapia intensiva. Também tratamos do aumento da segurança e pedimos o apoio do Ministério Público para a reinstalação de um posto da Polícia Militar no Complexo Hospitalar de Mangabeira”, afirma a diretora-geral.

Secom-JP

DEIXE UMA RESPOSTA