Prefeitura e governo brigam de gato e rato com a falésia

0
445

A briga entre o governo do Estado e a prefeitura de João Pessoa para ver quem faz mais pela cidade tem se tornado meio chata para quem está de fora. Afinal de contas, tem muita politicagem no meio. Mesmo assim, é inquestionável, o tiroteio tem surtido algum efeito em relação à barreira do Cabo Branco. Enquanto o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) promete tocar a obra, o governador Ricardo Coutinho (PSB), por meio dos seus auxiliares, diz que se a prefeitura não a fizer, ele fará. Isso apesar da “oportunidade perdida” quando prefeito. O fato é que pelo menos em relação ao acesso à Estação Ciências, a brida política tem dado resultado.

Acesso barreira do Cabo Branco

A prefeitura anunciou a construção do novo acesso ao equipamento público no fim de 2014, após a interdição do trecho mais próximo à falésia. A obra só foi concluída no final do mês passado, após Ricardo Coutinho divulgar nas redes sociais que faria o acesso. O prefeito visitou a Rua Luzinete Formiga e determinou que o trabalho fosse acelerado. Entregou rapidinho. Então, o governador falou em pavimentar a Rua Ricardo de Albuquerque Campos – a mesma que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) tinha proibido. Ao liberar a obra para o governo, a prefeitura tomou a frente e está concluindo o trecho.

Como o governo do Estado há havia licitado, decidiu construir outro trecho, ligando a Ricardo Albuquerque à parte frontal da Estação Ciência. Essa área, vale ressaltar, não estava em qualquer projeto e vai ter pouca utilidade para os turistas que passarem por lá por causa dos trechos interditados. Mas essa não é uma preocupação válida entre Cartaxo, que vai brigar pela sua reeleição, ou para Ricardo Coutinho, que tenta tornar viável a pré-candidatura de Cida Ramos (PSB). Bom seria que a briga entre os dois grupos trouxesse benefícios também para a já combalida falésia do Cabo Branco, que desmorona um metro a cada ano.

Fonte:Blog do Suetoni

DEIXE UMA RESPOSTA