Um dia após vitória de Trump, dólar fecha em R$ 3,36 e tem maior alta em 8 anos

0
123

dólar

O dólar fechou em forte alta em relação ao real nesta quinta-feira (10), após disparar mais de 5% durante a sessão, com forte onda de aversão ao risco por conta da vitória de Donald Trump nos Estados Unidos e pela ausência do Banco Central brasileiro no mercado de câmbio.

A moeda norte-americana avançou 4,73%, vendida a R$ 3,3614, após bater R$ 3,3910 na máxima do dia, segundo a agências Reuters. Na véspera, o dólar já havia subido quase 1,5% sobre o real, já reagindo à eleição de Trump. Veja a cotação do dólar hoje.

Segundo a Reuters, trata-se da maior alta diária de fechamento desde 22 de outubro de 2008, quando subiu quase 6%. Trata-se também do maior patamar de fechamento desde 7 de julho, quando o dólar encerrou a sessão vendido a R$ 3,3659.

Cenário político local
Segundo a Reuters, pesaram ainda durante a sessão fluxos de saída de dólares e preocupações sobre o futuro político do presidente Michel Temer, após a defesa da ex-presidente Dilma Rousseff ter entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) documentos que apontam que uma doação de R$ 1 milhão feita à campanha eleitoral de 2014pela empreiteira Andrade Gutierrez foi direcionada à campanha do então vice-presidente Michel Temer, companheiro de chapa da petista na eleição daquele ano.

“O externo predomina, mas aparecem notícias negativas e o investidor prefere desmontar sua posição e ver como vai ficar”, resumiu à agência um profissional da mesa de câmbio de um banco nacional.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA