Mais de 2 milhões e meio de títulos de eleitores estão irregulares no Brasil: só no Ceará são 66.098 eleitores irregulares.

0
24

Os eleitores que não votaram nem justificaram a ausência às urnas nas últimas três eleições têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o país, mais de 2,6 milhões de pessoas estão em situação irregular. O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, aponta que 66.098 eleitores estão com a situação eleitoral irregular no Estado. Desde o início do prazo fixado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para regularização, apenas 366 regularizaram.

De acordo com o Tribunal, quem não acertar contas com a Justiça Eleitoral pode ter o título cancelado. O documento é necessário para obter passaporte ou carteira de identidade e é exigido para participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias.

Fonte Ceará Agora