Um ano de ponte interditada na rodovia PB 323 entre Catolé e Brejo do Cruz

0
221

Completou um ano nesse dia 13 de junho que uma ponte na rodovia PB 323 na zona rural de Catolé do Rocha está interditada. Em 2017 ela começou a se desmanchar e desde então foi feito um desvio no local e a obra se arrasta desde então.

De responsabilidade do Governo do Estado da Paraíba, a ponte fica na comunidade rural do Rancho do Povo, logo na saída de Catolé em direção a Brejo do Cruz.

De lá para cá redes de televisão já fizeram pelo menos quatro matérias destacando o assunto. A ponte é considerada pequena e sobrepõe um riacho na comunidade.

A data foi lembrada por moradores e imprensa que fizeram um ato simbólico de protesto, como bolo e tudo.

O DER-PB responsável pela obra respondeu que a ponte deve ser concluída ainda em 2018 e a demora foi por conta de que a empresa vencedora do processo licitatório acabou não cumprindo o contrato.

Até hoje, 365 dias depois, foi feito apenas a pilastra central da ponte.

O Governador Ricardo Coutinho (PSB) quando da sua visita na região em fevereiro falou sobre o assunto e garantiu a conclusão rápida da obra, que acabou não ocorrendo.

O local já causou transtornos e prejuízos a vizinhança do local, um restaurante fechou suas portas, e um dos motivos foi esse, segundo o proprietário Cristiano Dutra em entrevista a TV no ano passado disse que o local está sempre com problemas por causa da poeira. Moradores próximos reclamam da mesma situação.

A imagem da matéria durante o período que obras começaram, mas até hoje sem conclusão.

brejodocruzemfoco com clintonmedeiros