Farra dos combustíveis em Pombal: Dinheiro gasto pela prefeitura daria para ir da Terra à Lua 16 vezes

Farra dos combustíveis em Pombal: Dinheiro gasto pela prefeitura daria para ir da Terra à Lua 16 vezes

0
83

A Prefeitura de Pombal não cuida da qualidade das ruas da cidade, elas estão cheias de buracos e sujas, mas quando o assunto é gastança com combustíveis, a realidade é outra. O Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), do Tribunal de Contas do Estado (TCE), lista a cidade sertaneja entre as que registram o maior gasto com combustíveis no Estado. Uma verdadeira farra com o dinheiro público. Nada menos que R$ 2,2 milhões só em 2019.

A dinheirama seria suficiente para construir uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade. Mas não parece ser esse o objetivo do prefeito Dr. Verissinho (MDB). De acordo com o TCE, o rei das contas reprovadas investe mesmo é na ambulancioterapia. Este é o principal motivo dos gastos. Mesmo assim, haja pacientes para transportar e credulidade da população para acreditar ser possível um gasto deste tamanho. A cidade é a sexta que mais gasta, apesar de ficar na 16ª posição no ranking das maiores cidades do Estado, com pouco mais de 32 mil habitantes.

Um cálculo simples, levando em consideração o valor gasto, permite dizer que se fosse possível ir da terra à lua com um carro que consumisse em torno de 12 quilômetros com cada litro e com gasolina a R$ 4,27, daria para ir da Terra à Lua 16 vezes. Descendo ao plano terreno, o mesmo veículo poderia ir de Pombal a João Pessoa 116,4 mil vezes em um único ano. Por dia, isso representaria 45 idas à capital. Ou mesmo a ida de 45 veículos, todos os dias, ao mesmo tempo, de Pombal para João Pessoa.

Achou pouco? Se quiser dar a volta ao mundo usando o mesmo carro, isso representaria 154 voltas em um ano. Não por um acaso, o município está entre os mais ineficientes na Paraíba, levando em conta os dados disponíveis no Sagres. Ocupa a vergonhosa posição 208, em um estado com 223 municípios.

Repórter PB