OAB demonstrou união em ato na cidade de Brejo do Cruz

0
627

desagravoA Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), realizou, nesta semana, um desagravo público em favor do advogado Cícero Pedro da Silva Filho, que teve suas prerrogativas profissionais violadas pelo juiz José Normando Fernandes, durante audiência criminal no Fórum da cidade de Brejo do Cruz, Sertão paraibano.

O desagravo aconteceu na frente do Fórum da cidade. O evento foi comandado pelo presidente da OAB-PB, Paulo Maia, e contou com a presença do presidente da Subseção da OAB de Catolé do Rocha, Thállio Rosado de Sá Xavier; do vice-presidente, Jailson Araújo de Souza; o presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-PB, Alysson Fortuna; do secretário da Comissão de Prerrogativas, Arthur Nóbrega; o presidente da Comissão de Interiorização e Integração do Advogado, Gerlando da Silva Lima; além de diversos advogados da região.

Paulo Maia explicou que no dia 09 de agosto do ano passado o juiz cassou, de forma abrupta, grosseira, mal educada e aos gritos, a palavra do advogado durante a audiência realizada. “A OAB-PB não aceita, nem vai se curvar a este tipo de arbitrariedade. A OAB manifesta nos atos públicos de desagravo que não permitirá, por quem quer que seja, qualquer ato que implique violação às prerrogativas profissionais do advogado, por sua natureza de defesa das garantias do cidadão”, afirmou o presidente.

Doutor Cícero falou também em entrevista na rádio Solidária FM; “Eu nunca imaginava que seria primeiro agravado, e segundo desagravado, eu já falava com Doutor Paulo sobre essa questão das prerrogativas, existe um preconceito de imaginar que um advogado é uma pessoa ruim, e não é, enfrentamos é muitas dificuldades, como falta de juiz”; ressaltou.

O vice-presidente local, Doutor Jailson também; “No Fórum de Brejo do Cruz demonstramos que a classe dos advogados está unida, e exige o respeito devido na constituição”; emendou.

Fonte: http://clintonmedeiros.com/