Presidente da ALPB anuncia recesso de 15 dias para reforma de acessibilidade

Reforma é para adequar a Casa às necessidades de acessibilidade da deputada Cida Ramos (PSB).

0
28

Durante a sessão solene de abertura da 19ª Legislatura, da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nesta segunda-feira (4), o presidente Adriano Galdino (PSB) anunciou o recesso de 15 dias nas atividades da Casa. Neste período, o Parlamento deve passar por uma reforma para se adequar às necessidades de acessibilidade da deputada Cida Ramos (PSB). A sessão contou com a presença do governador João Azevêdo que leu a mensagem do Poder Executivo.

O líder da oposição, deputado Raniery Paulino (MDB), chegou a defender que durante o período de obras de acessibilidade as sessões da Assembleia fossem realizadas em outro local. Por sua vez, Cida Ramos disse que era necessária a suspensão das atividades.

“Eu fui a deputada mais votada da história da Paraíba e, a Assembleia assim, mostra claramente que não está aberta para todos os paraibanos. Se tiver que parar por 15 dias para se adequar, que pare”, ressaltou a socialista, lembrando que a Paraíba tem mais um milhão de deficientes.

Em seguida, Adriano Galdino colocou em votação a proposta de suspensão dos trabalhos em plenário por duas semanas, o que foi aprovado pela unanimidade dos deputados presentes na sessão.

Ainda na sessão, o presidente Adriano Galdino anunciou um pacote de medidas para cortar despesas da Assembleia Legislativa, com a extinção de secretarias e cargos comissionados, maior transparência do Poder Legislativo, além de proporcionar maior aproximação dos deputados com a sociedade.

Fonte: g1.globo.com/pb/paraiba