MOSCOU – Um ônibus avançou contra uma área de pedestres em Moscou, matando ao menos cinco pessoas e ferindo outras 15, indicou a polícia da cidade nesta segunda-feira. Segundo um agente policial, entre as vítimas estão passageiros e pedestres. O veículo foi lançado pela escadaria de uma passagem subterrânea na estação de metrô Slavyansky Bulvar, uma das mais movimentadas do centro da capital russa.

O motorista foi preso pela polícia, segundo agências de notícias, após ter perdido o controle do veículo. A agências Interfax disse que investigadores estão apurando se o incidente foi resultado de uma falha técnica do ônibus. Dez ambulâncias e equipes do corpo de bombeiros foram mobilizados para o local, além de três bombeiros emergenciais.

— As informações atuais apontam para cinco mortos — indicou um agente da polícia rodoviária de Moscou, Artiom Kolesnikov.

Em um comunicado, a polícia indicou que privilegia a hipótese de um erro de condução ou falha técnica do veículo. O motorista, que foi detido, indicou aos investigadores que o ônibus “estava parado, mas começou a se mover de forma inesperada”.

“Apesar das tentativas de parar o ônibus, o sistema de freio não funcionou e o ônibus seguiu andando”, afirmou, de acordo com um comunicado do Comitê de investigação.

Uma investigação criminal por “desrespeito às normas de condução” foi aberta, segundo a mesma fonte.

O prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, expressou suas condolências aos parentes das vítimas. Esta segunda-feira é apenas um dia útil comum na Rússia, já que o Natal cristão ortodoxo é comemorado em 7 de janeiro. Fotos e vídeos nas redes sociais mostram o veículo quebrado sobre as escadas:

O Globo